Celular sem bateria - simples, só voz, mas revolucionário - Ten Sistemas e Redes

Celular sem bateria – simples, só voz, mas revolucionário

COMPARTILHE

Uma das grandes frustrações ​​da vida moderna são as baterias de telefone celular que duram um dia ou menos, deixando os usuários “na mão” quando não possuem um carregador ou está fora do alcance de algum ponto de energia para recarregá-lo.

Mas esse problema pode estar com os dias contados, agora que cientistas desenvolveram um telefone celular sem bateria, alimentado por ondas de rádio e pela própria voz.

A princípio, o protótipo de baixa potência só pode fazer e receber chamadas e não possui uma tela sensível ao toque ou algum tipo de conexão de dados, mas pode ser vital em uma emergência.

O telefone foi criado por pesquisadores da Universidade de Washington e consome entre dois e três microwatts de energia. Quando eles estão dentro do alcance de uma estação base, eles podem capturar as ondas de rádio que lhes darão energia suficiente para fazer e receber as chamadas.

O telefone também pode transmitir sinais para a estação através de uma combinação do reflexo dos sinais de onda de rádio e os impulsos eletromagnéticos gerados pelas vibrações do diafragma do telefone ao falar em seu microfone.

Simples, só voz, mas revolucionário

Ele envia uma série de pulsos digitais para um receptor, que o codifica em uma chamada do Skype e que pode ser colocada em qualquer número. O telefone em si não possui funções modernas, apenas as teclas numéricas 0-9, bem como os botões asterisco (*) e tralha (#) além dos dois botões de ação para fazer chamadas.

Sendo incapaz de emitir e receber sinais, ao mesmo tempo, os usuários devem manter um botão pressionado para falar com o destinatário e liberá-lo para aguardar uma resposta, como se estivesse usando um walkie-talkie. Sem o poder de um alto falante, os proprietários ouvem as chamadas usando seus fones de ouvido.

A ciência por trás de como funciona um celular sem bateria

“Acreditamos que isso é um grande salto para dispositivos sem bateria e um passo em direção a um celular totalmente funcional sem bateria”, disseram os pesquisadores.

Esse dispositivo sem bateria ainda continua indisponível para os consumidores, pois o modelo atual só funciona a poucos metros de uma estação base.

Mas os pesquisadores disseram que se eles pudessem usar frequências de redes móveis licenciadas, em vez de apenas aquelas usadas pelo próprio telefone, eles poderiam ser operados em distâncias maiores. Eles acrescentam que um microfone dedicado projetado para criar sinais eletromagnéticos também melhoraria o aproveitamento de energia necessária para utilizar o telefone.

As próximas etapas para criar um telefone utilizável com uma tela, seriam adicionar uma tela de baixa potência, semelhante à do Kindle, alimentada por ondas de radiofrequência ou receptores solares.

Em abril, pesquisadores do Canadá mostraram como criar uma bateria de telefone com partículas sensíveis à luz poderia.

Bateria auto carregável para o seu telefone

Carregadores externos movidos a energia solar que se conectam a um telefone já são uma realidade. Agora, cientistas da Universidade McGill, em Montreal e Hydro-Quebec, dizem ter encontrado uma maneira de incorporar materiais a bateria de celular para sua energização a partir da absorção de luz.

Ao adicionar moléculas com uma tinta fotossensível ao catodo – o terminal da bateria através do qual um telefone é alimentado pela rede elétrica – foi possível carregar uma bateria a partir da energia solar.

Os testes mostraram que foi possível gerar uma pequena quantidade de energia das moléculas fotossensíveis, de acordo com os achados descritos na publicação Nature Communications.

Os cientistas disseram que agora devem desenvolver um anodo adequado, o terminal que armazena e libera energia ao alimentar um dispositivo. Disseram também, que se eles tiverem sucesso, terão criado a primeira bateria auto carregável de íons de lítio, embora seja provável que levem anos para que isso chegue ao mercado.

“Teoricamente falando, nosso objetivo é desenvolver um novo sistema híbrido de bateria solar, mas, dependendo da energia que ele irá gerar quando o miniaturizamos, é que poderemos imaginar aplicações para diversos outros dispositivos portáteis”, disse Andrea Paolella, da Hydro-Quebec, que liderou o estudo.

Protótipos de um telefone com energia solar foram criados, mas eles dependem de painéis solares separados, que ocupam espaço valioso no dispositivo. A bateria auto carregável seria, por si só, sensível ao sol, embora os telefones devessem ser redesenhados para deixar a luz acessar a bateria.

Apesar dos avanços em processadores, displays e outros componentes de smartphones nos últimos anos, a tecnologia em baterias continua engatinhando. Os avanços foram, na sua maioria, na direção de um aumento da capacidade das baterias, o que significa que eles podem acomodar baterias de maior capacidade.

Vamos aguardar as novas descobertas, e tentar imaginar um mundo sem a necessidade diária de um carregador de baterias ou baterias extras.

COMPARTILHE

Destaques

A verdade sobre “a nuvem”

20 de novembro de 2017

A cultura de inovação em TI não significa que devemos adotar, inquestionavelmente, qualquer nova tecnologia. Entenda mitos e verdades da nuvem e suas opções.

Um novo cenário para Segurança em Data Center

15 de novembro de 2017

Todo data center está sob ataque. Não há um dia se quer, sem que algum tipo de ataque hack seja descoberto. Saiba como proteger sua empresa e seus dados.

SDN – Por que você ainda vai ouvir falar muito sobre isto?

13 de novembro de 2017

SDN – se você não conhece, é bom conhecer pois a tecnologia chegou para ficar. Saiba mais neste artigo do nosso diretor comercial, David Wajnsztok

Mais Lidos

Internet das Coisas: aplicações e mitos

29 de Março de 2017

A Internet das Coisas é um caminho sem volta. Você está preparado? O que sua empresa está fazendo a respeito? Veja neste artigo as aplicações e mitos da IoT.

Desafios e tendências em Data Center para 2017

15 de Março de 2017

Com o crescimento da tecnologia cloud, a modernização dos recursos e serviços computacionais no ambiente de Data Center tornou-se essencial. Saiba mais sobre os desafios e tendências do setor.

Hiperconvergência

17 de Março de 2017

O instituto Gartner prevê que Hiperconvergência corresponderá a 24% do mercado em 2019. Entenda melhor o que é HCIS.

Ransomware e o ataque global do dia 12 de Maio

15 de Maio de 2017

O dia 12 de maio de 2017 foi marcado por uma série de ciber-ataques em escala global. Saiba como esse ataque ocorreu e como se proteger.

Até a sua comida está mais inteligente. A Internet das Coisas (IoT) no seu dia a dia

14 de Abril de 2017

Nosso diretor comercial, David Wajnsztok mostra como a Internet das Coisas (IoT) já se tornou uma realidade e o que ainda está por vir.